PM prende 8 foragidos da Justiça em 13 dias em Lençóis Paulista; polícia registra mais uma ocorrência de violência doméstica

Escrito por em setembro 16, 2022

A Polícia Militar prendeu desde 1º de setembro, 8 pessoas consideradas foragidas da Justiça em Lençóis Paulista. As últimas duas prisões ocorreram no dia 13 de setembro. Entre os presos, um deles havia sido condenado por homicídio, e tinha 5 anos de pena por cumprir. A primeira prisão de foragido no dia 13 ocorreu na Cecap, quando a polícia fazia buscar a um celular furtado. De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), vítima de furto de celular alegou que o aparelho dava sinalização próximo ao Ecoponto do bairro. Por volta das 10 da manhã, os policiais abordaram pessoas suspeitas de posse de celular, e um homem de 32 anos constou como procurado. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia, onde permaneceu preso.

Ainda no dia 13 de setembro, por volta das 17h, a polícia prendeu um homem de 73 anos com mandado de prisão pela Lei Maria da Penha. Ao ser abordado na Rua Raposo Tavares, Jardim Humaitá, ele disse que desconhecia o mandado de prisão. Foi encaminhado a CPJ Bauru, onde permaneceu à disposição da Justiça. Na noite de 13 de setembro, às 23h48, a Polícia Militar atendeu ocorrência de violência doméstica na Vila Contente. A vítima, uma mulher de 39 anos, acionou a PM e contou que ela e seu filho de 14 anos sofreram agressões físicas do companheiro. Ao acionar a polícia, o homem teria fugido em um veículo Uno, segundo a vítima, que foi orientada sobre seus direitos. Em entrevista ao 90.1 Notícias esta semana, o capitão Élcio Torres, comandante da 5ª Companhia da Polícia Militar atribuiu o aumento das prisões ao aumento de policiais nas ruas com o aditamento do convênio da Atividade Delegada.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]