Acidentes com moto crescem e maioria das vítimas tem entre 18 e 34 anos; 21% resultam em mortes

Escrito por em 13/10/2021

A pandemia trouxe mais mão de obra para o setor de entregas e somente em São Paulo o número de trabalhadores de moto-entrega cresceu 40% segundo o Sindicato dos Mensageiros Motociclistas, Ciclistas e Moto-Taxistas do Estado de São Paulo (SindimotoSP).

O crescimento trouxe também uma triste estatística com o aumento de acidentes de transporte relacionados ao trabalho, com 21% deles resultando em mortes. Depois de São Paulo, Paraná e Santa Catarina são os estados com maior número de acidentes, que em sua maioria causam lesões, fraturas e as queimaduras causadas principalmente pelo escapamento da moto.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]