Parada cardíaca em lençoense não tem relação com vacina diz Nota do Estado; criança continua internada em Botucatu

Escrito por em 20/01/2022

Nota técnica divulgada pelo Centro de Vigilância Epidemiológica Alexandre Vranjc, do Estado de São Paulo diz que a parada cardíaca que acometeu uma criança de 10 de anos residente em Lençóis Paulista não tem relação com a vacina pediátrica da Pfizer que ela tomou na terça-feira na ESF Maria Cristina. O documento assinado pelas médicas Tatiana Lang D’Agostini, diretora técnica em Saúde III do CVE e Regiane Cardoso de Paulo, coordenadora da Coordenadoria de Controle de Doenças e pelo doutor Eder Gatti Fernandes, responsável pela investigação, apontam que a criança tem uma doença rara conhecida como síndrome de Wolff-Parkinson-White.

A nota diz que a doença até então não diagnosticada era desconhecida pela família. A doença levou a criança a ter uma crise de taquicardia, que resultou em instabilidade hemodinâmica. Não existe relação causal entre a vacinação e o quadro clínico apresentado, portanto, o evento adverso pós-vacinação está descartado.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]