Contratados para festa clandestina, Matheus e Kauan alegam engano

Escrito por em 12/07/2021

Na madrugada do último domingo (11), foi fechada uma festa clandestina em São Paulo, com mais de 500 pessoas. A dupla sertaneja Matheus e Kauan, que foi contratada para fazer o show, alegou que foi enganada e vai entrar na justiça.

Os músicos disseram que o contrato dizia que eles iriam tocar em “uma pequena confraternização para familiares e amigos” e os protocolos de segurança seriam todos seguidos.

De acordo com a UOL, a Secretaria de Segurança do Estado afirmou que a Vigilância Sanitária recebeu mais de 100 denúncias da festa realizada no Jardins.

Segundo com a pasta, foram cobrados ingressos de até R41,6 mil. Participaram da força tarefa os agentes da Polícia Civil e Militar, Guarda Civil Metropolitana, Vigilância Sanitária e Procon.

Em comunicado enviado ao Notícias da TV, a dupla se defendeu da situação.

“A dupla Matheus & Kauan foi contratada para realizar uma presença VIP no aniversário de Lucyana Villar, no dia 10 de julho de 2021 em uma pequena confraternização para familiares e amigos”, começou a nota.

“No ato da contratação foi afirmado pelo contratante que seriam seguidos todos os decretos que regulam concentração de pessoas, adotando protocolos de segurança e que não haveria venda de ingressos”, continuou.

“Registra-se que a dupla realizou o teste no dia e o mesmo teve como resultado ‘Não Reagente’. Infelizmente a parte Contratante não respeitou o pactuado, efetuando venda de ingressos sem nenhum comunicado e autorização, bem como também desrespeitou o acordado no que tange ao número de pessoas no local”, finalizou o comunicado.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]